Produtores de vinho conhecem projeto para aperfeiçoamento do produto

Enólogo e consultor credenciado ao Sebrae ministrou palestra a vitivinicultores de Ponte Serrada e região

Por Oeste Mais

06/12/2017 08:27


Fábio Ricardo Ecco falou sobre a importância do melhoramento da qualidade dos vinhos (Foto: Divulgação)

“A importância do melhoramento da qualidade dos vinhos” foi o foco da palestra organizada pela Epagri e a Secretaria da Agricultura de Ponte Serrada na última semana, reunindo vitivinicultores do município e região. O objetivo foi mobilizar um grupo com interesse em  aderir ao projeto que pretende aperfeiçoar a qualidade do produto, além de explicar como funciona o convênio do Sebrae/SC com as entidades e Prefeitura.

 

A explanação foi conduzida pelo enólogo e consultor credenciado ao Sebrae, Fábio Ricardo Ecco, que abordou a sanidade da uva, higienização da cantina e dos equipamentos, insumos para elaboração de vinhos e embalagens para o produto pronto. O analista técnico do Sebrae, Eduardo Sganzerla, explicou sobre o trâmite para o convênio entre Prefeitura e Sebrae e orientou sobre o curso Negócio Certo Rural em parceria com o Senar, que será aplicado no ano que vem.

Produtores de vinho de Ponte Serrada e região participaram da palestra (Foto: Divulgação)

A ideia, segundo Ecco, é iniciar o projeto na área do vinho em janeiro de 2018. O foco estratégico é o aperfeiçoamento das técnicas de produção nos vinhedos para obter a padronização da qualidade da uva e, com isso, aumentar a competitividade e agregar valor nos produtos. A iniciativa também tem o objetivo de definir e qualificar adaptações tecnológicas, sistemas de produção da uva e de elaboração dos vinhos, com a capacitação dos vitivinicultores em gestão empresarial e planejamentos de seus empreendimentos.

 

As atividades incluem consultoria para colheita e adequação das vinícolas com visitas individuais para acompanhamento e orientações referentes à colheita da uva, ponto de maturação, boas práticas de colheita, higiene e manipulação de alimentos. A iniciativa também possibilita a participação em missões técnicas para troca de informações e experiências com produtores de outros municípios.


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.