Família acredita que homem possa ter sido velado vivo no Paraná

Corpo chegou a ser levado novamente ao pronto socorro

Por Oeste Mais

09/08/2017 15:49 - Atualizado em 31/01/2018 23:11


Corpo já estava sendo velado quando família suspeitou (Foto: Correio do Lago)

Uma situação inusitada foi registrada na manhã desta quarta-feira, dia 9, no município paranaense de Santa Helena. Familiares de um homem de 44 anos, que estava sendo velado, chamaram um médico ao velório pois acreditavam que ele ainda pudesse estar vivo.

 

Segundo a família, a temperatura corporal do homem estava elevada e suspeitaram que ele estivesse vivo, pois o médico que atestou seu óbito, não deu maiores explicações sobre o falecimento.

 

Um médico foi ao velório e constatou com auxílio de um oxímetro de dedo, supostos sinais de atividade sanguínea. Com a suspeita de que pudesse estar realmente vivo, o homem foi encaminhado ao pronto atendimento, onde foi avaliado por outros dois médicos que confirmaram sua morte.

 

Já o médico que atestou o óbito, Miguel Juri Reston Junior, informou que o homem, vítima de infarto, deu entrada no hospital na noite de terça-feira, dia 8, já sem vida. De acordo com o médico, o corpo não apresentava batimentos cardíacos, estava sem pulso e com as pupilas estavam dilatadas.

 

Ainda conforme Miguel, é normal que o oxímetro oscile assim que colocado no corpo, zerando os dados logo em seguida. 

Com informações do Correio do Lago


COMENTÁRIOS

Os comentários neste espaço são de inteira responsabilidade dos leitores e não representam a linha editorial do Oeste Mais. Opiniões impróprias ou ilegais poderão ser excluídas sem aviso prévio.